Fale connosco
English

INEGI participa em projeto europeu para integrar materiais compósitos em estruturas de energia renovável offshore

05 abril 2021

O INEGI é o parceiro português de um novo projeto europeu dedicado ao desenvolvimento de novas soluções materiais para as estruturas e principais componentes de grandes plataformas offshore de energia eólica e marés.

Rui Mendes, responsável pelo projeto no INEGI, conta que a aposta do consórcio assenta "na integração de soluções de materiais poliméricos reforçados com fibras e soluções híbridas, principalmente ao nível das conexões, de modo a ajudar as empresas que detém estes ativos offshore a superar os maiores problemas característicos deste tipo de estruturas, nomeadamente aqueles associados à corrosão e fadiga”.

As estruturas offshore são tipicamente feitas de aço, que é muito vulnerável ao ambiente agressivo do mar aberto, o que resulta num grande impacto nos custos de manutenção das instalações. Os problemas ligados à corrosão, por exemplo, representam cerca de 60% dos custos de manutenção offshore.

Além do custo, os problemas associados à degradação reduzem ainda a vida útil dos ativos. Mesmo quando são considerados em fase de projeto, implicam um aumento dos custos de construção.

Neste contexto, explica Rui Mendes, "possibilitar o uso extensivo de materiais à base de FRP (polímeros reforçados com fibras), vai traduzir-se numa redução do custo de manutenção e, portanto, também numa redução do custo total da geração de energia offshore”.

O INEGI irá contribuir com o seu extenso know-how na área dos materiais compósitos, nomeadamente na avaliação e seleção de materiais, otimização de processos de produção de compósitos, em simulação e em laboratório, e produção de protótipos.

Paralelamente, a equipa de especialistas do Instituto vai ainda avaliar e desenvolver técnicas de união avançadas para materiais reforçados com fibras.

O projeto "FIBREGY - Development, engineering, production and life-cycle management of improved FIBRE-based material solutions for structure and functional components of large offshore wind enerGY and tidal power platform” é cofinanciado pela União Europeia através do Programa de Investigação e Inovação Horizonte 2020.