Fale connosco
English

INEGI e Tecmacal levam tecnologias de automatização e digitalização à indústria do calçado

12 abril 2021

O rótulo de "tradicional” já não serve à indústria do calçado, que hoje em dia procura também novas soluções tecnológicas, inteligentes, flexíveis, e conectadas, para produzir de forma mais rápida, limpa e económica.

Para responder a esta necessidade, o INEGI e a Tecmacal aliaram-se para desenvolver um novo equipamento para a deposição de cola em palmilhas. A operação completamente automatizada, digitalizada e dotada de tecnologia de precisão, vai substituir as alternativas tradicionais, que até agora eram manuais ou apenas semiautomáticas.

A introdução de tecnologias de visão artificial e sensorização nos ambientes de produção, contribuirá para melhorar a qualidade do produto final, assim como para a rápida adaptação a novas séries de produção.

"A abordagem inovadora favorece uma produção mais veloz, eficaz e económica”, explica Ana Pereira, a responsável pelo projeto no INEGI. "A deposição controlada da cola baseia-se no controlo sincronizado entre o sistema de aquisição de imagem, que funciona em tempo real, e o sistema de deposição de cola, de modo a diminuir a ocorrência de erros e o desperdício de recursos”.

Esta solução assenta na automatização de sistemas produtivos, tendo elevado potencial de aplicação também no setor têxtil e de marroquinaria.

Nesta fase, conta a responsável, "o sistema laboratorial já se encontra em funcionamento, e estamos a finalizar o projeto da máquina protótipo final”.

 O projeto de I&DT InSoleTech - POCI-01-0247-FEDER-038470, é cofinanciado pelo Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (PO CI), através do Portugal 2020 e do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER)