Fale connosco
English

INEGI inova com sistema que monitoriza «saúde» estrutural de pás em rotação sem contacto

07 junho 2021
Nasceu no INEGI o primeiro sistema de monitorização de pás em rotação, que torna possível avaliar a «saúde» estrutural de estruturas em movimento, como turbinas eólicas ou similares, sem interromper a sua operação. 

O inovador sistema, criado por uma equipa de engenheiros do INEGI, assenta num conjunto de métodos baseados em tecnologias de processamento de imagem que permitem a avaliação à distância dos deslocamentos sofridos por um objeto, durante o seu movimento de rotação, de forma prática e precisa.

Como explica Pedro Sousa, responsável pelo projeto no INEGI, "a monitorização da deformação de objetos em rotação, tais como turbinas eólicas ou pás de helicópteros, constitui um desafio técnico significativo, uma vez que uma abordagem clássica com recurso a ligações físicas e fios é complexa e impraticável”.

Para resolver este problema, a equipa do Instituto recorreu a tecnologias como a correlação digital de imagem (DIC) e a termografia, de modo a tornar possível detetar defeitos em pás em rotação sem necessidade de interromper a sua operação. 

Sistema vai monitorizar turbinas eólicas, helicópteros e aviões em movimento

"É um avanço importante, para o setor eólico, por exemplo, onde imobilizar uma turbina tem custos avultados. Será também uma ferramenta valiosa para projetistas de sistemas como helicópteros e aviões, permitindo uma melhor compreensão do comportamento em movimento, e a otimização da eficiência, segurança e ruído”, salienta Pedro Sousa.

A solução é composta por vários sistemas customizados, nomeadamente, um compacto sistema de iluminação capaz de emitir até 20 mil lúmens, um sistema de sincronização da aquisição de imagem, compatível com rotações superiores a 100 mil rotações por minuto, e um software de processamento dos dados.

A combinação destes desenvolvimentos "reveste-se de carater especialmente inovador na análise de componentes mecânicos rotativos, ao permitir a comparação absoluta dos deslocamentos tanto no plano como fora dele, quando as soluções existentes apenas permitem analisar deslocamentos relativos fora do plano”, conta o responsável.

Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.   Saiba mais

Compreendi