Fale connosco
English

INEGI integra iniciativa europeia para melhorar o ar que respiramos dentro de casa

09 novembro 2022

São 15 parceiros, em 8 países europeus, determinados a encontrar alternativas «mais limpas» para combater a exposição à poluição do ar em ambientes interiores. Entre eles está o INEGI, cujo trabalho no campo da investigação da qualidade do ar interior e apoio ao desenvolvimento industrial de materiais «limpos», é já reconhecido a nível internacional.

Para melhor compreender a realidade atual, a primeira fase do estudo contempla o estudo de mais de 200 habitações e famílias com crianças pequenas em Portugal, Suécia, Estónia, Reino Unido, Holanda, Itália, e República Checa.

"Utilizando metodologias de baixo custo e não invasivas - como sensores, amostragem passiva, e biomonitorização na urina - queremos determinar o grau de exposição a agentes agressores ambientais a que estamos sujeitos hoje. Vamos prestar especial atenção a bebés e crianças pequenas, já que constituem grupos particularmente vulneráveis e que passam muito do seu tempo no ambiente da habitação”, explica Marta Gabriel, responsável pelo projeto no INEGI.

O passo seguinte passará por identificar as fontes responsáveis pela poluição do ar - sejam eles materiais de construção, materiais usados em mobiliário, produtos de limpeza ou outros - e identificar alternativas. Em cima da mesa está também o estudo de potenciais soluções tecnológicas e mudanças comportamentais para reduzir os riscos para a saúde.

Estudo vai apoiar mudanças a nível europeu por casas mais «saudáveis»

O objetivo final é dar suporte científico a decisores políticos e entidades reguladoras, e permitir a tomada de decisão informada e a implementação de medidas eficazes para a proteção da saúde dos cidadãos.

As pessoas passam cerca de 80% a 90% do seu tempo em ambientes interiores, pelo que a qualidade do ar é um fator importante para a saúde pública, e uma preocupação a nível europeu.

Como explica Marta Gabriel, a iniciativa "apoiará a inovação nas políticas ambientais e de saúde da União Europeia, bem como o cumprimento dos objetivos do Pacto Ecológico Europeu (European Green Deal), do Plano de Ação da para uma Ambição de Poluição Zero, da estratégia europeia para os produtos químicos num contexto de sustentabilidade, e das ações relacionadas da Organização Mundial de Saúde na Europa”.

O projeto INQUIRE - Identification of chemical and biological determinants, their sources, and strategies to promote healthier homes in Europe é cofinanciado ao abrigo do Horizonte 2020, o programa de investigação e inovação da União Europeia.


Páginas Relacionadas

Inovação e Transferência de Tecnologia | Saúde e Desporto

Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.   Saiba mais

Compreendi